Lilypie Second Birthday tickers

Lilypie Second Birthday tickers

quarta-feira, julho 14, 2010

O João

No dia em que a mana nasceu, deixamo-lo às 6 da manhã em casa da minha mãe e antes da hora de almoço, ele já estava na Ordem com o pai.
Quando entrou no quarto eu morria de saudades e achei que tinha crescido imenso, sem me aperceber que apenas tinham passado 6 horas de separação.
A felicidade nos olhos dele, na sua cara era tão evidente que parecia inchado. Só queria dar festas na mana, dar-lhe beijinhos... Quando ao final do dia o deixamos pegar na mana, o peito encheu-se de ar e fez o ar mais feliz deste mundo!!!
A dormida em casa da avó, deixou-me com o coração tão pequenino que até doía, no entanto, o nosso príncipe portou-se à altura e quis dormir sozinho no meu quarto, é um homem!!!
Tem uma adoração enorme pela mana, está sempre a ver se ela está bem e ri-se às gargalhadas com as mudanças de fralda, com os chorinhos, os soluços.
Está mais sensível mas acho que se não estivesse seria estranho.
O único problema tem sido convencê-lo a ir para a escola. Esta é a segunda semana de praia e achamos importante que fosse, uma vez que este ano não vamos de férias. Mas ele não quer ir, tem sido complicado convencê-lo, felizmente voltei a conduzir e tenho ido buscá-lo às 3 da tarde, hora que ele controla ao minuto.
Anda cansado e diz que tem saudades de casa, na sexta regressamos. Estou ansiosa por ir para o meu canto e ao mesmo tempo receosa. Mas isso é outra conversa...

6 comentários:

Ticha disse...

Eu lembro-me tão bem do nascimento dos meus irmãos!
Principalmente o mascimento do meu irmão em que eu teria a idade que tem agora o João! Assim um ser novo e pequenino lá em casa... que coisa nova!... Lembro-me perfeitamente da noite que tive de passar em casa de uma vizinha, porque o meu irmão quis nascer às 9h da noite e roubou-me a mãe. Mas depois, em pouco tempo a casa ganhou uma nova vida!
Beijinho grande para o João!
Da Tia Ticha

apm disse...

É sempre complicado para eles, mesmo que não tentem demonstrá-lo.
O sair de casa e deixar a Mãe dele sozinha com a Mana deve ser dificil. Mas passa logo logo.
Bjinhos

CLS disse...

Essa sensação dos mais velhos crescerem de repente, também a tive quando a Mafalda nasceu. Os nossos referenciaias alteram-se em função dos mais pequeninos e deixamos de ver os mais velhos como os bebés da casa. Tenas aí uma mano mais velho todo orgulhoso da sua mana e assim vai continuar para o resto da vida deles.
Um beijinho.

Susana Happy Days disse...

É normal nesta fase ele querer também ficar em casa com a Mamã!
Mas vai passar :)
Beijinhos

Jane & Cia disse...

É uma bênção podermos dar um irmão aos nossos filhos, um presente para a vida. A sua família a sua ligação ao mundo. è claro que esta ligação mágica de um sangue tão nosso é acompanhada de grandes convulsões. Mas a explosão do amor fraterno vai prevalecer. Que bom que ele já demosntra toda essa emoção e alegria. É uma coisa mágica vê-los a crescer juntos. Que sejam muito felizes, todos. A vossa família está no meu coração. Não tenhas receio, as nossas capacidades adaptam-se generosamente a todos os desafios.

SusanaMama disse...

Muitos parabéns!

A interacção dos mais velhos com os mais novos é das coisas mais giras e gratificantes. E à medida que forem crescendo mais giro é (claro que por vezes andam às turras uns com os outros).

O que eu tentei fazer, quando nasceu o meu mais novo, era dedicar-me a ele durante o dia, e quando o mais velho cehgava a casa ja tinha conseguido tratar do pequenino e assim tinha todo o tempo do mundo para ele. Assim no meu caso ele nunca sentiu a diferença e nunca ficou triste por nao ficar em casa.

Bjs