Lilypie Second Birthday tickers

Lilypie Second Birthday tickers

quinta-feira, setembro 18, 2008

A pouco e pouco vamos melhorando

Ontem o final de tarde foi pacífico... Recebeu-me com um forte abraço e uma flor que tinha apanhado para mim... Quando já estávamos para ir embora ainda quis ir ajudar um coleguinha a ir buscar a mochila, fiquei toda contente... Sei que me vou arrepender de dizer isto mas anseio pelo dia em que me diga qualquer coisa do género como” Mãe, só mais um bocadinho” porque aí saberei que a sua integração está completa...
O caminho para casa foi pacífico enquanto comia as línguas-de-gato e no final até as migalhinhas foram aproveitadas(estou tramada)...
Hoje de manhã perguntou se tinha posto o ursinho Rex na mochila e se tinha as línguas de gato para a tarde...lolol...
Quando chegamos a casa foi tudo muito pacífico, voltou a querer tomar o seu banho de espuma relaxante como eu lhe chamo, jantamos às 19.30 e sem birras... teve tempo para brincar e ver os desenhos animados enquanto eu fazia uma maratona de meia-hora a passar a ferro... Ufa, o que me custou despachar as coisas que tinha para passar naquela meia-hora mas foi o que lhe prometi e não queria falhar... Quando os bonecos acabaram às 20.30, arrumei tudo e sentamo-nos na sala, no sofá a fazer o nosso miminho do dia.... Estava mais calmo e eu fiquei muito mais animada, ainda que estivesse sempre com receio de alguma reacção mais tempestiva...
A única coisa que correu mal foi o não querer falar com o pai pelo telefone, acho que sente muito a falta dele e depois tenta castigá-lo com estas coisinhas mas a vida é assim e o papá tem que trabalhar... Espero que esta fase também passe...
Hoje de manhã, apesar de estar meio mariquinhas e de termos posto dentro da mochila imensos brinquedos que sei que não vai querer mostrar aos colegas, não houve choros em casa e até comeu um danoninho gigante e meio pão...
Só chorou na despedida mas acho que melhoramos bastante...
Vamos ver como corre logo à tarde... Um passinho de cada vez... J

4 comentários:

susana disse...

Revejo-me em ti na parte da ausência do pai mas aos poucos já vai percebendo que o pai tem que trablhar pra ganhar tostão.

bjs

dangerously in love disse...

Ai que bom!!! Ainda bem.

sabes que o imaginei a comer as linguas de gato?

demais.

beijocas

María e Pestilecas disse...

Eles sentem imenso a falta, seja do Pai ou da Mãe, falta-lhes o equilibrio a que estão habituados.

Mas vai melhorando com o passar dos dias!

Bjnhoa grandes

mamã disse...

Daqui a nada vai adorar lá estar! Por cá, foi assim...


Bjs grandes