Lilypie Second Birthday tickers

Lilypie Second Birthday tickers

sexta-feira, novembro 30, 2007

32

A tua gargalhada, as nossas conversas, o tricot, as nossas leituras, o silêncio que sempre soubemos partilhar sem desconforto, os teus ovos mexidos de há anos e anos (será que ainda são assim tão bons?), a tua amizade, a minha amizade, é nossa para sempre!
Parabéns Gui!

quarta-feira, novembro 28, 2007

Pedido

Hoje de manhã, quando chegamos à avó, agarrou-se ao meu pescoço e disse:
-Mamã, quéio bincar contigo!

Expliquei-lhe que tinha de ir ganhar tostão mas que à tarde íamos brincar os dois...

A meio da manhã, liguei à minha mãe e falei com ele... normalmente nem quer vir ao telefone mas hoje veio e de novo disse em voz de choro: -Mamã, quéio bincar contigo!

E eu disse-lhe de novo a mesma coisa... mas... bolas... o meu coração está tão apertadinho... bolas... bolas...

terça-feira, novembro 27, 2007

A árvore de Natal gigante

Sábado de tarde fomos à Praça D. João I ver os meninos a patinar na nova pista de gelo, ou lá o que é mas quando lá chegamos havia uma fila brutal para os patins e ninguém no ring...
Valeu pelas músicas de Natal que ecoavam dos altifalantes... O João adorou, adorou tanto que fez o caminho da Praça para a Avenida dos Aliados aos saltinhos e a gritar "Feliz Natal !!!" - não sei onde ele aprendeu isto mas tenho uma forte suspeita que tem algo a ver com aquele menino Ruca... ;)
Pelo caminho víamos toda a gente com balões rosa escuro do Millenium BCP.. Deduzimos que os estivessem a dar porque passou por nós uma senhora que empurrava um carrinho com um bebé e levava 6 balões lá amarrados... este pessoal quando é dado abusam um bocadinho, não?
Quando lá chegamos havia uma fila interminável para os balões o que fez com que não nos metessemos lá, claro!!!
O nosso objectivo era mesmo a árvore de Natal Gigante, penso que a maior da Europa?
O João adorou! (eu confesso que não gostei muito... continuo a preferir um pinheirinho com aspecto mais natural que nem precisa ser verdadeiro nem tão grande, nós temos um pinheiro de plástico e é lindo!)
O espírito de alegria e de fascínio pelo Natal que emanava das crianças era contagiante, sorriam e exclamavam: "Que grande!!! Uau!!!" E nós pais, olhavamo-los enternecidos com a sua alegria e excitação...
Já tinha muitas saudades de andar pelas ruas da minha cidade e sentir este ambiente maravilhoso do Natal que nada tem a ver com filas intermináveis para pagar e depois embrulhar nas lojas, empregados mal-humorados e antipáticos a tratarem com pouca cortesia os clientes, pessoas a tentarem passar à frente nas filas, alheias ao espírito que devia imperar nesta época...
Para mim, isto é o Natal, são as ruas do Porto iluminadas, com músicas de Natal a tocar, o frio que nos faz apertar os casacos e os cachecóis, o cheiro a castanhas, o riso das crianças , o seu êxtase com as luzes, as cores, as imagens do Pai Natal...
O Natal é isso!

Pai sofre...

Enquanto a mamã iniciava uma nova etapa estéctica...lol... depilação a laser... :)
O João e o papá ficaram num cafézinho, numa zona in da cidade do Porto.
Como o pequenote ainda não tinha feito o seu lanche da manhã, o papá ficou incumbido de lhe dar os danoninhos...
Mal acabou de comer, saltou da cadeira e pôs-se de pé...
O papá disse:
-João senta-te se faz favor!
O João respondeu muito alto:
-Papá, não! Quéio fazer cocó...

Fez-se silêncio, ainda mais silêncio naquele lugar onde estavam as pessoas sentadas calmamente a ler os seus jornais e revistas enquanto tomavam um pequeno-almoço tardio...
O papá ficou com um sorrisinho amarelo a olhar para ele... mas... o pior ainda estava para vir...

É que o João, pôs-se de pé para fazer cocó e emitia sons bem alto do género ai-que-isto-está-a-custar-deixa-me-fazer -mais-uma-forcinha...
Quando acabou, o papá levantou-se, pagou e diz que nunca mais volta lá...

Não percebo porquê!!!
LOL

A escolinha

Sábado de manhã fomos conhecer aquela que vai ser a escolinha do João Ratão a partir de Setembro.
Gostei do que vi, inserida num espaço totalmente rural, uma casa antiga totalmente remodelada...
Com muita luz, muito espaço para brincarem e aprenderem...
Apesar de saber que muito me vai custar deixá-lo sozinho, sem nenhum de nós a apaparicá-lo, pareceu-me um sítio acolhedor, onde imagino o meu filho a aprender coisas novas, a desenvolver-se, a crescer...
O João gostou muito, brincou e até fez um desenho... Só torceu o nariz quando lhe disse que depois ia lá ter muitos meninos para brincar com ele...
Acho que queria exclusividade!!! :)

sexta-feira, novembro 23, 2007

Hoje na Ilha das Cores diziam que os meninos não deviam andar sozinhos na rua a não ser quando conheciam muito bem o caminho que iam fazer.
Completavam ainda que, no caso de se perderem, podiam pedir ajuda a um polícia que decerto os ajudaria...
O João estava a ver e sei que registou pois foi logo buscar o carro da Polícia que tem e dizia com um ar maravilhado:"Quéio ser gande!!!"

No outro dia, uma amiga minha ameaçava o filho com um "Olha que vem o polícia!"...
Achei aquilo um bocado tonto nos dias que correm porque da maneira que as coisas estão a última coisa que nós queremos é que um dia, se o nosso filho estiver atrapalhado com alguma situação tenha medo de pedir ajuda a um polícia só porque as mamãs ou papás não pensaram muito bem nos argumentos que usaram para ameaçar os seus filhotes...

No outro dia ouvi na televisão, não me lembro muito bem onde mas fazia todo o sentido, um alerta muito importante para os pais e que consiste no seguinte: treinar os nosso filhos para, no caso de alguém os agarrar ou abordar, fazerem barulho, muito barulho, gritarem, espernearem ...
Tem toda a lógica que alguém com más intenções possa recuar mais facilmente perante uma criança que faz escândalo e não se resigna...
Claro que não é a solução mas pode ajudar e quando o João for um pouco mais crescido hei-de falar com ele sobre isso!

Não gosto muito de pensar nestas coisas mas é o Mundo onde vivemos e não vale enterrar a cabeça na areia!

Um dia muito importante...

Temperatura 5º...

Hoje mostrei ao meu filho como se faz fumo com a boca...

Os olhos dele brilharam e vibrou quando começou a conseguir fazê-lo também...

Haverá melhor maneira de redescobrir o Mundo do que através dos olhos do meu filhote de 31 meses?

quinta-feira, novembro 22, 2007

Há dias tramados...

Ontem ao final da tarde lá fomos comprar uma casaco para o João...
Pensava que o do ano passado dava mas isso era quando as camisolas eram fininhas, com estas não dá...
Levei comigo o João que tinha acabado de acordar de uma sesta tardia, ou seja, acordou de birra e com a constipação e a tosse piores...Mas ficou animado com a ideia de irmos às compras...
No meio de muito choro por não querer experimentar nada, lá conseguimos comprar o casaco (caro como o raio) e lá fomos , ou melhor, lá foi um pouco para os escorregas e tal para ver se se animava...
Ainda demos uma saltada ao Jumbo para comprar pão e fomos ver os peixinhos e cãezinhos e gatinhos e lagartinhos (argh) à loja de animais.
Chegado a casa, birra porque não queria duche queria banho, birra porque não queria sopa, birra porque não queria mais, birra porque queria colo (parou um bocado a ver o jogo), quando acabou fui eu e o papá jantar... birra porque não queria pão, birra porque queria beijinhos, birra porque queria colo.. eu a passar-me mas ao mesmo tempo com pena dele por achar que estava constipadinho, logo aborrecido... o pai a zangar-se com ele por ele ser embirrento e não me dar descanso e eu a tentar defendê-lo... pai zangado com a mãe...
Fomos dormir pois estava cheio de sono... noite inteira a tossir, ou seja, mãe não dormiu nada...
Hoje de manhã acordou muito bem disposto mas foi sol de pouca dura...
Birra porque não queria vestir o casaco novo, birra porque queria colo ao sair de casa e a mamã teve de dar para além de carregar com a mochila da ginástica, mochila do João, carteira, saco com farnel para o almoço. Na garagem birra porque queria guiar e não queria ir atrás...
Na auto-estrada trânsito parado por acidente... chegamos à avó com muito atraso e sem lugar para estacionar e a policia a multar e a rebocar os carros...
Ficou meio a choramingar na avó...
Mãe a caminho do trabalho com ataque de choro...
Chegada ao trabalho e o chefe já cá estava... lindo...
Enxaqueca...
Com pena de mim própria...
Mas isto vai passar...
Ainda bem que nem todos os dias são assim...

Já liguei à minha mãe e ele está bem disposto... ao menos isso...

Do jogo de ontem...

Ai, ai...
Eu - Valha-me Deus...
Ele - Váia Deux...

Eu - Nossa Senhora!
Ele - Noissa Sinhoia!

Eu - Anda lá pá!!!
Ele - Anda lá pá (perfeito!)

Eu - Vamos lá meninos!
Ele - Vamox lá... meninos...

Eu - Ricardo.... não sejas coxo...( eu sei que tinha prometido mas o gajo dá mesmo cabo de mim com aquelas saídas, pá!...)
Ele - Ricádo... não sejas coxo... (upsss...)

Ele - Potugal, potugal!!

No fim...
Quéio ver mais xutebol!!!!!

Estamos no Europeu, sempre à rasca mas estamos lá!

quarta-feira, novembro 21, 2007

Não há mais nada que importe nesta vida!

Mamã pinxesa!
João pinxipe!
Papá rei!


é liiiindoooo!!!!

terça-feira, novembro 20, 2007

Fui à ginástica

Fui à ginástica!
Fui à ginástica!

Tenho de continuar a ir.
Tenho de continuar a ir.

Não me posso baldar.
Não me posso baldar.

Tenho de ter força de vontade.
Tenho de ter força de vontade.

quantas vezes terei de repetir isto para se tornar realidade?

que falta de atitude!!! Dahhh!

segunda-feira, novembro 19, 2007

E já agora...

... não sei se já repararam mas SÓ faltam 35 dias para o Natal!!!!!!
Hohohoho!!!
Já estou a sentir aquele formigueirinho ....

O tempo

Já estamos de volta, com este frio repentino...bolas...
O João está bastante melhor, aliás na sexta entre doses de Brufen dizia que queria ir para o parque! Coitadinho mas depois começava a murchar outra vez... Sábado já estava em grande, é incrivel como eles recuperam!
Passei o santo fim-de-semana em casa, hoje até parece que me soube bem sair de casa de manhã...lol.. as minha colegas olharam para mim como se eu fosse uma tolinha por dizer uma coisas destas... :)
As folhas das árvores estão a dar as últimas, o chão está coberto delas ... Parece que finalmente vamos começar a ver a rua a partir da varanda da nossa casa...lolol
Amanhã o João vai voltar aos collants que hoje pelos vistos tinha as pernas geladas... e eu se calhar também! lolol
E de maneiras que é assim, parece que o Outono foi definitivamente chutado para canto, é o Inverno que está aí!!!
E eu se calhar estou a ficar velhota porque dediquei um post inteiro ao tempo...
;O)

sexta-feira, novembro 16, 2007

Feliz aniversário meu amor

Há dois anos, o João presenteou-te neste dia com o seu primeiro dente...
Este ano a coisa piorou bastante... :(


Trinta e cinco anos é uma bonita idade!!!

Sei que não estás a ter um dia muito bom mas espero que saibas que te amamos muito e que o nosso fim-de-semana no Gerês não foi cancelado, apenas adiado!!!!

Parabéns meu amor, amamos-te muito e o importante mesmo é estarmos juntinhos, juntinhos... Para sempre!

De volta ao Mundo das Otites

À meia-noite acordou a chorar.. um choro sentido, um gemer ininterrupto...
Não respondia a nenhuma das perguntas que lhe fazíamos... se lhe doía alguma coisa, se tinha sonhado, se queria água, se queria leite... só chorava e agarrava-se ao meu colo....
Conseguimos acalmá-lo, pensamos que tinha tido um pesadelo... Deitou-se e adormeceu mas passados breves instantes, começou outra vez a chorar, a gemer...
Peguei-lhe novamente, disse que lhe doía a barriga... achei estranho mas o seu choro era tão desesperado que comecei a ficar mesmo preocupada... Resolvi dar-lhe Ben-U-Ron para ver se as dores lhe passavam... Lá conseguiu sossegar e adormeceu mas de forma sempre muito agitada, com alguns gemidos e muitos pontapés...
Quando o despertador tocou, às 7.00 resolvi que ia deixá-lo dormir mais um pouco e iria um pouco mais tarde para o trabalho mas mal me sentiu levantar começou logo a chorar e disse que queria ir para a sala ver o Ruca, não parava de chorar...~Como estou sempre preocupada com os ouvidos, mais uma vez lhe carreguei no ouvido do tubinho e perguntei se lhe doía. Respondeu-me que aquele não, o outro...ou seja, bolas, bolas, seria outra otite? Estava com febre, por isso dei-lhe Brufen... passado pouco tempo começou logo a ficar bem disposto, chegamos a duvidar das queixas, estava super indecisa em ir ao médico ou não mas como tenho sempre receio das otites lá fomos...
A otite confirmou-se, o médico disse que estava muito mal... Receitou-lhe antibiótico e pronto!!! Cá estamos nós...
Começa o frio começa tudo de novo ....

Agora dorme, o meu valente pequeno principe que se portou como gente grande no médico e no final ainda disse:
-O seor dotô é nosso amigo!!!!

quinta-feira, novembro 15, 2007

Campanha Meia a Meia

Têm andado a tratar disso não é verdade?

Só que se esqueceram de me contactar para me enviarem as meias, não é verdade?

Vamos lá pessoal!

Já viram como custa tão pouco melhorar a vida de algumas pessoas?

O meu mail: estrelasemargaridas@gmail.com

quarta-feira, novembro 14, 2007

Sua Maluca

Ele estava sentadinho na cadeirinha a comer...
Estávamos a ver, mais uma vez, os Fraggles...
E de repente, começa a dar uma música e eu ponho-me a dançar à frente dele...
Ele olha para mim e diz:

-Que tás a fazei sua maúca? Tás a dançai?

Ó meu rico filho, não é que eu seja maluca mas dizem que de pequenino é que se torce o pepino e a mamã quer que tu dances, que dances muito e que percebas o quão divertido e libertador pode ser fazê-lo!!!
Não queremos outro pézinho de chumbo na familia, pois não? (papá, isto não é forçosamente para ti... é apenas uma questão de começares a fazer o gosto ao pézinho e retiro o que disse aqui.. :P)

segunda-feira, novembro 12, 2007

Do fim-de-semana que passou...

... há muita coisa para contar...

Sexta-feira, quando acordei o João Ratão, achei logo que ele estava com uma temperatura estranha, um pouco acima do normal... Tirei-lhe a temperatura e não tinha nada mas fiquei logo com a pulga atrás da orelha... não me costumo enganar nestas coisas, não tenho a pretensão de ser mais infalível que o termómetro mas na realidade fui eu que carreguei este menino durante nove meses e por isso tenho sempre uma palavrinha mais a dizer, não?
Pus a minha mãe de sobreaviso mas durante o dia ele esteve sempre bem disposto, nada de alarmante...
À tarde, quando o fui buscar é que a história já era outra, tinha acabado de acordar e com febre... Pusemos-lhe logo um Ben-U_ron e quando chegamos a casa tomou um longo banho de banheira, com a água bem morninha o que o deixou mais fresco e muito bem disposto...
De madrugada, às 5.00 da manhã acordou novamente com febre, nova dose de remédio acompanhada de leitinho e desenhos animados... Um agradecimento sentido ao Canal Panda cuja emissão a esta hora já está no ar, a criança estava com vontade de ver bonequinhos e se não fosse por eles, tinha de ter ido para a sala onde temos o DVD...
Acordou super bem-disposto, fresco... Acho que isto tudo tem a ver com os dois dentes que lhe estão a nascer, pois até a comer o Joãozito se queixa e anda a comer mal...
Tínhamos sessão de terapia da fala para avaliação...
Ia receosa, apesar de achar que ele está com uma boa linguagem para a idade e sem sinais de falar pelo nariz, estava com receio que fosse mesmo necessário fazer terapia da fala...
O início foi complicado, já sabemos que o João Ratão não é de dar confianças a desconhecidos mas quando a C. começou a chamar avião à mota, aí ele teve de intervir..lolol.. A pouco e pouco foi perdendo a vergonha e lá conseguiu nomear todas as imagens que lhe foram mostradas, excepto a garrafa... que ele chamou de Coca-cola, o que deu origem a um sorriso maroto da C... eu disse que nunca lhe tínhamos dado Coca-cola mas pelo olhar não se acreditou..lolol.. mas é verdade, nunca provou...
Saímos de lá de coração leve, a linguagem do João está óptima para a idade e a C. disse que se não soubesse, nunca diria que o João nasceu com fenda palatina posterior, deu-nos os parabéns e só nos disse para insistirmos nos "Lês" pois é altura de ele aprender a dizê-los, o que já começamos a fazer e com sucesso.. ;)
Voltou a dizer que não existem praticamente casos de irmãos com fenda palatina, ou seja, que acreditam não ser hereditário mas sim consequência de uma data de factores, isolados ou não, tais como falta de ácido fólico, ingestão de drogas, exposição a radiações... e que casos tão ligeiros como o do João não são mesmo frequentes, o mais normal é mesmo fenda palatina acompanhada de lábio leporino...Eu pergunto sempre com esperança que existam dados novos e tenho sempre a mesma resposta mas há uma parte de mim que tem medo, porque tomei o ácido fólico direitinho, com meses de antecedência, não tomei drogas nem bebidas alcoólicas na gravidez toda, aliás deixei de beber mal resolvi engravidar e que eu saiba nunca estive exposta a radiações, a não ser quando fiz uma ressonância magnética ao joelho, meses antes de engravidar...Continuará para sempre a ser uma incógnita na minha vida e um receio que terei de enfrentar quando engravidar...
Durante a tarde demos uma saltada ao Modelo, onde já compramos praticamente todos os brinquedos de Natal...
À noite, tivemos um jantar excelente com os M&M&M...
A M. bebé está linda, de sorriso fácil, super curiosa, já gatinha... adorou o Carro Avarias da Chicco que o João tem, já diz bola e luz... é uma traquina de primeira, nunca está parada, está um doce...linda, linda... deu para matar saudades, tinha andado a semana toda sem sequer pegar nela, com medo de lhe pegar a constipação... adorei aquelas horas, está quase a fazer um ano...
Também matei algumas saudades da M. mãe, com a vida corrida que temos, apesar de estarmos juntas todos os dias, nunca dá para nada, é terrivel... se bem que por muitas horas que estejamos juntas, fica sempre tanto por dizer...:)
Ontem tivemos um dia pacato, com castanhas ao lanche, para comemorar o S. Martinho, nem saimos de casa pois o papá tinha trabalho para fazer...
À noite, ainda tivemos a visita da tia R. que o João como sempre adorou...
Foi uma bom fim-de-semana com uma grande vitória na vida do meu João Ratão!!!

Adenda: O jantar de Sábado foi à base de petiscos mas muito reforçado, para compensar os nossos maridões que andaram a carregar com móveis de um lado para o outro e por sinal, um deles ainda fez todos os petiscos, quem diz que os homens não conseguem fazer mais do que uma coisa ao mesmo tempo, é porque não viu a nossa mesa......
Um grande bem haja gajos e desculpem a minha insensibilidade indesculpável por não ter mencionado a vossa tarefa herculeana!
:P

sexta-feira, novembro 09, 2007

Uma noite muito diferente

Ontem, quando cheguei a casa, preparei uma bela travessa com douradas e batatinhas para fazer um assado, já estava no forno há algum tempo, as batatinhas ainda não estavam prontas mas para lá caminhavam...
O João, chegado a casa com uma birra enorme por não ter dormido a sesta durante a tarde só acalmou quando eu lhe pus o dvd do Ruca... estava na penúltima história, o que significava que não tardava nada, eu ia poder disfrutar um pouco da tv...
De repente vai a luz abaixo mas vem logo a seguir... a tv e o dvd ligaram-se sózinhos e eu pus o Ruca de novo... no último episódio, para não ter de gramar com aquilo tudo outra vez...
De novo, foi a luz abaixo mas dessa vez não voltou... o João começou a choramingar, eu lá o encontrei, peguei nele ao colo e toca de começar a acender velas...
O João chorava não com medo do escuro mas porque queria ver o Ruca e tentava acender a televisão e as luzes, quando via que não consegui chorava mais ainda...
Fomos à cozinha ver se o jantar já era comestivel mas ainda não, ou seja, não tínhamos jantar...
Ligo ao meu marido para trazer um frango e fico sem bateria no telemóvel, o telefone de casa também não funcionava...
Vem a luz, ponho o Ruca de novo e mal começa, vai a luz abaixo de novo....
A criança está inconsolável, grita mamãaaaa, quero ver o Ruca e olha para mim como se eu fosse culpada de alguma coisa...
No meio de tanta birra, começa a dizer: Tou a ficái nevoso... eu rio-me, só me dá vontade de rir porque já desisti de lhe tentar explicar que sem luz não há Ruca...
Fui-lhe buscar 2 iogurtes e ele acalmou-se, pensei que a birra devia ser da fome... mal acaba a última colherada começa novamente a gritar pelo Ruca... Depois diz que quer ir dormir... sinto um frio na barriga, para dormir tem de haver leitinho .... Quentinho... pois é... Começa a dizer quéo i domi!!! leitinho!!!
Lembrei-me que os meus vizinhos de cima têm fogão a gás, pego nele ao colo e numa vela e lá vamos escada a cima... os meus vizinhos tardam em abrir a porta pois não me ouviam a bater... tive de os chamar...lá me aqueceram o leite...
Levei-o logo para a cama para lhe dar o leite, não fosse o dito arrefecer e ele mandar-me aquecer-lo como faz tantas vezes... o meu marido entretanto chegou munido de 3 lanternas e jantar...
Deito-me na cama a dar-lhe o leite com uma velinha acesa e o tadinho lá adormece...
Chega a luz...

Que raio de noite...

quinta-feira, novembro 08, 2007

Uma pequena distracção no trânsito

Hoje de manhã, uma pequena distracção no trânsito fez-me passar por uma rua que já há muito não passava...
A rua que vai dar à escola primária onde andei...
Uma rua que inúmeras vezes fiz pela mão da minha avó Ester que, religiosamente me ia levar e buscar...
Lembro-me que à vinda para casa, vinha sempre com as minhas duas amigalhaças a Isabel Cláudia e a Susana Carmen... e connosco as nossas três avós que iam conversando dia a dia e ganhando laços... A vida corria calma nessa altura, sem grandes preocupações e correrias...
Saíamos de casa 15 minutos antes e esse tempo era mais que suficiente para chegarmos antes da hora...
Na 4.ª classe, à ida, comecei a fazer o caminho sózinha com a promessa de só atravessar quando estivesse verde para os peões e de ir com muito juizinho. A minha mãe dava-me uma moeda de 2$50 para eu telefonar para casa do telefone da escola, a dizer que já tinha chegado.

Levávamos a pasta às costas e a lancheira na mão... lembro-me que tinha uma lancheira da Tupperware, meia alaranjada com os sinais de trânsito gravados... lá dentro, um pão com marmelada, ou queijo ou tulicreme e uma maçã... no Inverno, a minha avó ainda me punha uma termos com leite com chocolate bem quente... No início levavamos uma caneca e em fila, à hora do recreio iamos sendo servidos de leite normal... mais tarde apareceram os pacotes de leite com chocolate que eu não gostava pois eram muito doces...

A minha professora chamava-se Fernanda Ventura e era bastante exigente , eu gostava dela... Lembro-me que todas as semanas, na 2.ª classe, havia uma cartolina afixada na parede com os nomes dos alunos que não tinham dado erros no ditado... o meu nome estava lá sempre sem grande esforço... nunca estudei para um ditado...as coisas surgiam naturalmente..lolol... era tão espertinha...
A minha professora dava chapadas na cabeça a quem se portava mal e eu achava aquilo horrivel mas nunca aconteceu comigo...levei uma vez uma reguada porque um colega me chamou , eu virei-me para trás e pumba.. fiquei mortificada, doeu-me horrores, sentia a mão quente e o orgulho muito ferido... quando cheguei a casa, lembro-me que fui para o meu quarto e chorei, pela tremenda injustiça que tinha sofrido...
A ninha professora tinha uma daquelas secretárias antigas de madeira escura, com um armário incorporado de cada lado...
Dentro desses armários existia um paraíso para mim.. livros e mais livros e mais livros... parece que ainda consigo sentir-lhes o cheiro... Li a maior parte das aventuras dos Cinco, a colecção antiga e os Sete e sei lá mais quê, tudo o que ela me dava...
Ela deixava-me levá-los para casa e eu devorava-os literalmente e cuidava deles com todo o carinho... Ainda hoje o faço, talvez venha daí a minha intolerância com dobrares de páginas e etc... Não empresto os meus livros a qualquer um.

No recreio jogávamos ao elástico e ao Bombarqueiro...

Bom barqueiro
bom barqueiro
deixai-me passar
tenho filhos pequeninos
p'ra acabar de criar.
Passará, passará
Mas algum ficará
Se não for o da frente
Há-de ser o de trás...

Às sextas-feiras, de 15 em 15 dias, na 4.ª classe tinhamos jogos florais... fazíamos corridas dentro de sacos, a transportar ovos numa colher de pau, etc.. era a nossa educação física...lolol

Todo o caminho de casa para a escola era repleto de árvores...
No Outono íamos pelos passeios a pisar as folhas e muitas vezes a apanhá-las para os trabalhos da escola, o nosso recreio tinha sempre imensas folhas no chão...
Da Primavera, o que mais me lembro são os jardins das casas cheios de flores e o cheirinho a rosas de Santa Teresinha que ainda hoje adoro...
É incrivel como para sentir esses cheiros, às vezes basta fechar os olhos...

Ainda bem que, hoje de manhã, uma pequena distracção no trânsito me fez passar por uma rua que já há muito não passava, a rua da minha Escola Primária que já não é minha mas há-de ser para sempre...

quarta-feira, novembro 07, 2007

Falta um mês e "picos" para o Natal

Falta um mês e "picos" para o Natal..

Desde o início de Outubro que as lojas começaram a "explorar" o nosso espírito natalício, o que até para mim, tolinha do Natal, é um exagero... parece que desmistifica a coisa e eu não gosto, não gosto mesmo pronto!
Criei então um processo de defesa... cada vez que via alguma coisa de Natal, pensava para comigo que estava tudo doido, que qualquer dia estávamos na praia a combinar um encontro no shopping qualquer para aproveitar as promoções de brinquedos de Natal... o que acaba por não ser descabido, já viram bem o tempo que está? A máxima prevista hoje para o Porto é de 24º... 24º...
Hoje, dia 7 de Novembro vim trabalhar de t'shirt de algodão com uma camisolita das mais fininhas que tenho... casacos nem pensar !
Ontem, à hora de almoço, fui a um hipermercado e dei de caras com mais uma promoção de brinquedos... ao final da tarde, quando cheguei à minha mãe, o João tinha o catálogo de brinquedos da Leopoldina.. e mais uma vez pensei "Lá estão os gajos!"!
E depois dei-me conta que já é Novembro e que afinal, SÓ falta um mês e picos para o Natal...
O que significa que posso começar a soltar o meu espírito natalício...
Que comecem as hostilidades!!!
;)

terça-feira, novembro 06, 2007

Um dentinho novo

Temos dentinho novo à espreita... em cima, do lado direito, bem lá atrás...
Isso explica os inúmeros cocós e assadura inexplicável... já estava a ficar preocupada, com medo que fosse mais uma dessas viroses...quando o João era bebé era assim mas eu achava que agora as coisas iam funcionar de outra maneira...
a dentição do meu crocodilo está a aumentar!!!!
:)