Lilypie Second Birthday tickers

Lilypie Second Birthday tickers

quarta-feira, agosto 22, 2007

Estávamos para ir ao Jardim Zoológico mas...

lugares para estacionar, mentira...
depois de muito custo, paramos no terminal rodoviário onde há um parque...

passadeiras para atravessar de lá para o zoo mentira também... a passadeira mais próxima ficava longe, longe...
esta capital não respeita muito os peões, pois não?

chegamos lá e estava uma fila interminável, completamente desorganizada... um monte de pessoas a monte...

desistimos, havemos de lá voltar numa altura mais calma...
acho que podiam organizar as coisas de outra maneira...

no Oceanário havia uma fila considerável mas as pessoas tinham de passar por um caminho de fitas, como havia na Expo 98 o que ordena as coisas e protege dos xicos-espertos...
um bocadinho de modernidade não faz mal, ajuda..ok?

E hoje voltamos...

... ao Oceanário...




Lindo como sempre, por muitas vezes que voltemos nunca há-de ser demais, a paz que me traz e o brilho nos olhos do João justifica muitos mais regressos...
Também andamos de teleférico e o nosso diabrete adorou...

segunda-feira, agosto 20, 2007

Ontem, 19/08/2007

Vieram cá os primos do Z...
estivemos todos lá fora na conversa enquanto o João disfrutava das brincadeiras ao ar livre só disponiveis numa casa com jardim...
a certa altura, a M. e o B. perguntaram ao João se ele queria ir com eles ao café... o João disse que sim e eu achei o máximo aquele momento de súbita independência do meu primogénito...
lá foi ele todo contente... vim para dentro e quando voltei a sair lá estava ele sentado no banco de trás do carro deles com a M. ao lado e de cinto posto... olhava para o pai e dizia: "Tau!" (tchau) acenando com a mãozinha... como não podia ir assim, o pai transferiu a cadeira dele para o carro dos primos, eu a ver tudo de longe e a pensar que quando o João visse a cadeira ia logo dizer que não... o pai pôs a cadeira e ele subiu para ela e sentou-se.. e voltou a dizer adeus ao pai... e eu a ver de longe, como se fosse um filme...( de terror?)
e eles foram embora.. e eu fiquei para aqui completamente incrédula... o meu menino, o meu bebé, timido que raramente vai ao colo de alguém tinha ido com os primos... confesso que nos primeiros 15/30 minutos.. não conseguia respirar fundo.. custava-me a respirar...lolol...
imaginava-o a chorar, assustado por não ter os pais ao pé...
senti que nos estava a trair..lolol.. eu sei que é demais, exagerado... mas foi isso que eu senti, ok? e não se goza com os sentimentos de uma mãe apanhada de surpresa..OK?
pedi ao Z. para ligar aos primos para ver se estava tudo bem.. e estava, o João estava lá em cima a brincar com o G., um menino de 7/8 anos que devia ter imensos brinquedos novidade para o João... claro...
e pronto, fiquei mais descansada... ainda surpreendida mas mais calma...
o tempo custou a passar mas veio feliz, com um sorriso enorme, a contar que tinha brincado com as motas do G...lool.. perguntei ao G. se o João se tinha portado bem e ele disse que sim mas que tinha desarrumado tudo e ele teve de arrumar...loool
o meu menino está a ficar independente... Glup... ( engulo em seco)...
já deixamos terras de Vasco da Gama e estamos de visita aos avós paternos...
da convivência com a primita B. fica a ideia que nesta idade ainda não valorizam os amigos, gostam mais de brincar cada um para seu lado e o sentimento que predomina é o de posse, a frase mais ouvida de parte a parte foi : " É minha!!!"
mas foi giro, a minha afilhadinha está uma verdadeira princesa... a cara chapada da mãe, quando olho para ela lembro-me da minha prima em pequenina, é impressionante!!!!
O João não reagiu muito bem à mudança nos primeiros dias, eram muitas pessoas novas de uma só vez, ritmos diferentes, sítios diferentes, sentia-se que estava inquieto, inseguro...
Assusta-me um pouco a sua enorme timidez em situações novas... agarra-se a nós e esconde a cara, não quer falar com ningém, refugia-se no nosso colo... claro que ao fim de umas horas, recupera a sua personalidade e aí sai de baixo...lolol.. as pessoas ficam surpreendidas...
penso muitas vezes como reagirá quando for para o infantário, até tenho medo de pensar nisso... ficamos com mais um ano para trabalhar nesse campo e depois logo se verá... mas até tremo só de pensar...
ao fim do segundo dia já estava bem, confiante, ao seu ritmo... ou quase... a excitação das brincadeiras, da praia, põem-no a mil à hora e recusa-se a fazer sesta.. o que dá lugar a birras infindáveis ao final do dia, muito dificeis tanto para ele como para nós...
apesar de ser uma criança não muito dorminhoca, a hora de sesta é fundamental para o seu humor... sem ela ficamos todos tramados...
ontem mais uma vez não dormiu sesta e a partir das 7.30 começou a ficar embirrento e adormeceu a meio de uma colher do jantar... ainda lhe consegui dar um pouquinho de leite e dormiu das 9.00 de ontem às 9.30 de hoje.. estava esgotado!!!

segunda-feira, agosto 13, 2007

Agra
























os primeiros 4 dias de férias serviram para ganhar a calma necessária para gozar os dias de descanso que se seguem...
ar puro , silêncio, paz e calma...
o lento escorrer das horas que nem se nota , o vagar que se ganha à medida que o stress vai saindo de nós...
o reencontro com amigos que, apesar de estarem sempre presentes na nossa vida, não conseguimos gozar como queremos e gostamos, no corre-corre em que andamos constantemente...

sorrisos, gargalhadas, liberdade... a liberdade que um menino de 2 anos não pode ter na cidade, o contacto com a Natureza, com os animais, as plantas, as árvoreres, o silêncio só perturbado pelo cantar das águas puras que nascem mesmo ali, sem cerimónia... com isto, o desabrochar de um tagarela de olhos bem abertos para a vida que o rodeia....está mais comunicativo, aparentemente menos envergonhado e receoso perante o desconhecido... repete tudo aquilo que lhe dizemos e com graça, enche-me o coração... o meu menino está a ficar grande e acho-lhe tanta piada... com as suas exigências e preferências ... e portou-se tão bem, tão bem...

as conquistas de uma bebé que começa agora a comunicar mais, a interagir... os sorrisos, o cheirinho, o morder ávido que deixa antever um dentinho a espreitar...

fizeram-me bem estes dias, acalmaram-me a alma, prepararam-me para o descanso que necessito e que vou gozar ao máximo...

adorei estar convosco, obrigada!!!!

quarta-feira, agosto 08, 2007

Pequena notinha para a dona do blog que neste momento, aparententemente, acabou de fazer as malas para os primeiros 4 dias passados longe do Mundo .

vamos 4 dias mas a avaliar pela bagagem posta já à porta de casa, parece que vamos 4 meses...

até tenho medo da reacção do maridão...

e da do outro elemento masculino do grupo, tendo em conta que na outra casa está outra fada-do-lar empenhada, tal como eu, em certificar-se que nada vai faltar nestes 4 dias em que vamos estar isolados no meio dos montes....

quer-me parecer que 2 carrinhas não vão chegar...

Medo, muito medo....

:P

de férias

cheguei a casa e mimei-me com uma overdose de gelado, assim começaram as minhas férias....

partimos amanhã e regressamos no final do mês...
a todos umas boas boas férias...

até já

sexta-feira, agosto 03, 2007

2/08/2007

Nasceu a Matilde!!!
Mais uma sobrinha "emprestada"... :-)
Que a vida te sorria para sempre minha querida e que sejas muito feliz ao lado dos teus pais!!!
Aquele beijinho!!!!

Parabéns Mário!!!!

-João, o padrinho hoje faz aninhos, tens de lhe dar os parabéns!!!
- 2?
- Mais ou menos filho, mais ou menos!!!!

loool

Parabéns meu querido pelo teu 29º aniversário... estás a ficar um homenzinho!!!!

Traição

Ontem pela primeira vez vez disse :
-Mamã não, a Né....
Anda uma mãe a criar um filho para isto? Só porque a tia R. aparece para brincar com ele trai-me desta maneira escandalosa?
Está mal... fiquei com ciuminho maroto!!!!!

quinta-feira, agosto 02, 2007

Post de coisas pequeninas para mais tarde recordar

tenho andado desaparecida... o cansaço e a vontade de não fazer mesmo nada põem-me sempre assim antes das férias...
a vidinha vai correndo...

O João Ratão está cada vez mais espertalhaço... de ouvidinhos bem abertos, muitas vezes para o que não deve.. temos agora de ter tento na língua porque senão passamos vergonhas...

O desmame das fraldas tem tido altos e baixos... vamos lá a ver como prossegue com a chegada das férias...

Desde que teve a gastro que não come da minha sopa , só da avó D., pode? manias!!!

Já diz umas coisas engraçadas do género apémanhã(até amanhã), obigarro (obrigado), papatitomamã (piriquito da mamã que é como lhe chamo pela sua forma de correr), jácabei( quando ainda não acabou de comer mas já não quer mais), numténada (quando olhando para o pote constata que ainda não fez xixi)...

Adora a praia mas não gosta de água fria mas está sempre a ganhar coragem para lá se meter, tadinho... a mim até me doem os ossos só de molhar os pés... a todas as horas do dia pergunta: Pá paia?

O DVD preferido é o do Pimba-pimba que consiste num apanhado de acidentes em corridas de motas, carros e camiões.. é horrivel e ele vibra com aquilo e já sabe de cor...

Adora gelados (dado) e chupas (pupapupa), está a ficar um guloso, marcha tudo, no outro dia fui dar com ele a lamber o papel de uma tablete de chocolate para culinária...

Tem umas sapatilhas com aspecto de carro que à medida que ele vai andando dão luz à frente a atrás, foi um devaneio do tatá e ele delira com aquilo...

Está sempre a comparar o grande (Dande dito com voz grossa) e o pequeno (pinininho dito com voz fininha e fofa)

De manhã não quer ficar na minha mãe e à tarde não quer vir embora

Já desce as escadas sozinho só agarrado ao corrimão... quer tirar a mão do apoio mas depois tem medo e à última não consegue....

está a ficar mesmo um rapazinho, e eu tenho saudades do meu bebé mas gosto tanto de o ver assim crescido....

vou matando as saudades de bebés com a Maria que está fofíssima e já bate palminhas mas só quando lhe apetece, não há confianças...


É verdade, confesso que já tenho saudades de ter um bebézinho no meu colinho mas este ainda não é o momento... se acontecer acontece e até fico contente mas conscientemente, de forma voluntária não vai mesmo acontecer... sinto que preciso de abrandar um pouco ou pelo menos de não acelerar por enquanto...
nunca mais chegam as férias... :-)