Lilypie Second Birthday tickers

Lilypie Second Birthday tickers

sexta-feira, julho 28, 2006

mundo novo



o mundo blogosférico é algo de novo para mim.
tudo começou, quando a minha amiga c. me disse que tinha um blog.
já tinha ouvido falar de blogs mas não sabia lá muito bem do que se tratava. fui espreitar o dela, adorei... pareceu-me uma maneira fantástica de falar de coisas que pensamos mas muitas vezes não temos tempo ou até mesmo coragem de partilhar... às vezes, isto funciona como um escape, em jeito de desabafo, daqueles que só temos com os nossos botões mas que ficam mais claros se aqui escritos...
é o que tenho feito nestes meses de existência deste cantinho, só meu mas que com prazer vou partilhando a medo com aqueles que me são mais queridos nesta vida.
sendo este blog uma maneira de comunicar comigo própria, não podia deixar de incluir as histórias do meu joão ratão, que me encheu a vida e me completou o coração, a mim e ao outro amor da minha vida, o zé.
diga-se de passagem, que no início só tinha pensado em escrever sobre mim, sentia algum receio de falar dos meus...
o primeiro blog escrito por um pai indiscutivelmente babado que descobri foi o Primeira Estrela. a partir daí, fui descobrindo um mundo novo .... acho que, neste momento sou um bocadinho dependente destes blogs sobre mamãs e papás como eu.
é engraçado que não conhecendo nenhum dos/das autoras já me sinto um pouco como fazendo parte das suas vidas porque vibro com as novas conquistas dos seus pequenotes, preocupo-me com as suas doenças tão próprias destas idades e rio das suas diabruras e gracinhas...
nesta altura da minha vida em que me encontro de pé partido e por isso sem grande mobilidade, estas vidas têm sido a minha companhia de almoço.. o tempo passa a correr quando as leio...
e... para quem andava sempre a queixar-se que não aprendia nada de novo, as coisas têm andado mui bien... as minhas pequenas conquistas diárias, tais como aprender a mostrar aqui os meus blogs preferidos, a colocar um contador ( que provavelmente nunca vai avançar) e outros pequeninos pormenores têm-me dado luta... tem sido um grande gozo, a conquista de um Mundo Novo!

quinta-feira, julho 27, 2006

a primeira vez....

Como estamos em período de férias a minha mãe tem tido, praticamente todos os dias, visitas das suas meninas queridas... ontem foram a quica e a catatita e hoje a loquinhas...
O joão umas vezes acha-lhes graça, outras não, porque tem de partilhar os mimos e atenção da avó.
Hoje, durante o almoço, estava a brincar no chão com os seus carrinhos e eis, que, sem mais nem menos, desiquilibrou-se e caiu, batendo com a cabeça na porta da cozinha... entre muito choro, baba e ranho, aparece o seu primeiro galo... a avó, pega logo no hirudoid (francamente não sei como se escreve) e pespega-lhe com uma bela camada na testa... para que o cabelo não fique todo empastado, prende-o com um gancho da loquinhas (o rapaz sofre e sem se saber queixar...)
o tio carlos, com muita maturidade, começa a gozar com a pobre da criança, chegando a duvidar da sua masculinidade....
passado um pouco, o joão, sentado novamente no chão, a brincar com a loquinhas, vira-se para ela, abre a boca e prega-lhe um valente beijo .... na boca... ao que a loquinhas ....corresponde prontamente... abrindo também a sua boquinha de 3 anos e meio...

moral da história: passam a vida a dizer-me que o joão vai ser um quebra-corações mas será que era suposto começar tão cedo????

Medo, muito medo!!!!!

terça-feira, julho 25, 2006



a vida continua e não se compadece dos que ficam parados a queixarem-se e a terem pena deles próprios...
nestes últimos dias tenho andado um pouco em baixo e quando assim é tenho uma tendência incrivel para encurtar as vistas não para além do meu umbigo... não pode ser, não vale de nada... por isso, tento reagir... tento pensar que não estou a viver nenhum drama... e tenho de avançar...

olho para o meu filho e ele está cada vez mais lindo, mais inteligente. tenho-o ao pé de mim, sem problemas a gozar de plena saúde e parece-me bem que ele é feliz... as gargalhadas não enganam, o modo como brinca com tudo, mesmo tudo, sem preocupações , sem medos... e os pequenos passinhos que dá ainda com algum medo, apenas quando quer receber um abraço bem apertadinho, daqueles que só os papás sabem dar!
Haverá no mercado algum anti-depressivo melhor que o nosso filho a correr para nós de braços abertos??? :0)

quarta-feira, julho 19, 2006


Estou neura, neura, neura....
O ano todo a ansiar pelas férias e quando a data se aproxima perigosamente, mete-se o pé onde não se deve e pimba.... gesso por 6 semanas... tornozelo rachado, ou fissurado, ou lá o que é!!!
Não posso fazer nada em casa, vejo o Zé completamente de rastos, sinto que não dou os mimos de sempre ao João porque nem sequer posso pegar nele, a não ser que esteja sentada no sofá...(por incrivel que pareça, agora... ele sobe para o sofá para brincar comigo e não para trepar até ao quadro das conchinhas ou mexer em algo que não deva.... pelo menos a maior parte das vezes, e lá para o meio junta o útil ao agradável e ... asneira!! ), para tomar banho é uma seca de sacos e adesivos e equilíbio num só pé e medo de escorregar e ainda piorar a situação..., para dormir, não tenho posição... para trabalhar vão-me buscar a casa e levar e passo o dia sentada na minha secretária, onde também almoço porque me custa imenso andar de canadianas... fico neura, sentada a uma secretária das 8.30 da manhã às 5.30 da tarde com 3 ou 4 idas ao wc...
Ai, desculpem lá as minhas queixas, sei que há pessoas muito piores que eu mas estou cá com uma neura que só me apetece espingardar para todo o lado e sinto-me mesmo uma coitadinha... lol...
Escrevo este post na esperança de este ataque de pobrezinha, “só a mim, só a mim” me passe rápido e consiga esquecer toda a gente que pára na minha sala para me dizer:
“Que aconteceu?
Como foi?
Andou a dar pontapés onde não devia!!!!He, he, he...
Deixe-me ver o gesso!!
Já tem comichões? Não??? Oh, o pior ainda está para vir então!
E férias estragadas, coitada.... coitada....!!!!”

Ai, ai... esta vida às vezes prega-nos cada uma!!!!

Só a mim!!!! Só a mim!!!!
Buáaaaaaaaa!!!!!
Lilypie 2nd Birthday Ticker

terça-feira, julho 18, 2006

Mamã Carneira

Corajosas e impacientes, as mães nascidas sob o signo de Áries não gostam de perder tempo. São líderes natas, e são elas que colocam a casa em Áries. Elas podem ser bastante impulsivas, por isso, não se zangue se mudarem de idéia a cada cinco minutos.(Papá, não te chateies com as minhas constantes mudanças e indecisões... é tudo por causa do meu signo, eu não tenho culpa de nada!!)


Para agradar a mãe ariana, nada de presentes caros e exibidos, elas preferem alguma coisa que as desafie e as faça pensar.(Que fique aqui registado que também adoro pensar em brincos...e em relógios...caros ou não...não sou esquisita!!! :-P )


Pica estagiária

O fim de semana foi prolongado... Aqui na Maia foi feriado dia 10 e como este ano o S.João foi no fs gozamos este dia... pela primeira vez desde que cá trabalho....5 anos e meio...
Assim, na segunda (meu deus, foi aí que começou a onda de calor... durou, exactamente 1 semana, que neura) logo pela fresquinha fomos às vacinas dos 15 meses...
Primeiro impacto: enfermeira estagiária;
Segundo impacto: pode ser que seja boa no que faz...
Comentário da enfermeira estagiária: Só tenho duas vacinas da meningite, acha que posso utilizar?
Resposta da mãe a ficar um pouco insegura e irritada: Acho que sim! Já liguei para cá na sexta e disseram-me que havia( sei lá se pode dar, dahhhhh)
Resposta da enfermeira estagiária: Ah... Então não deve haver problema...
Resposta da mãe: Sim, sim... acho que sim...
Chegou outra enfermeira que disse que não havia problema
Pensamento da mãe: Vou perguntar à enfermeira estagiária se ela sabe o que está a fazer...
Segundo Pensamento da mãe:É melhor não... ainda vai ficar mais nervosa e dp é pior...
Primeira pica: O João chorou...
Segunda pica: O João chorou ainda mais...
A enfermeira estagiária dizia, coitadinho, coitadinho... não chores mais... e com a terceira pica na mão, não avançava...
A mãe teve de sugerir à enfermeira estagiária que era melhor avançar para podermos sair de lá e talvez, o João parasse de chorar... lá deu a terceira pica.
Perguntei qdo tinha de voltar e ela começou e hesitar outra vez...
resolução de mãe: A próxima vez que chegar lá e me calhar uma estagiária, recuso-me... nem quero saber...que tal estudar a teoria um pouco?!!! Ou pelo menos fingir que percebe um pouco do assunto? Ou treinar na mãezinha dela e não no meu filhote?
Sou mãe galinha? Pois sou e depois?

O Parque da Cidade

No Sábado, dia 8 de Julho, o nosso João fez 15 meses.
Acordamos cedinho, para variar lol, e fomos com ele ao Parque da Cidade. Primeiro, à feira de Agricultura Biológica... Que encantos de cheiros... Fiquei maluca, apetecia-me comprar todos os vasinhos de ervas que lá estavam, e não eram poucos... Legumes, fruta e hortaliça com um aspecto fantástico e ainda por cima, pensando que tinham sido criados naturalmente, parece que conseguia sentir o seu sabor...lol... até me apetecia comprar coisas que nem sequer gosto muito... Fiquei a saber que as folhas de mangericão são enormescas e cheiram tão bem...
Depois, fomos fazer uma caminhada...
O João vibrou com os patinhos e cisnes e afins... para a próxima levamos pãozinho para lhes dar... Quá, Quá....
Soube-nos tão bem aquele passeio matinal que achamos que seria uma boa ideia combinarmos um pic-nic lá, para a semana a seguir... Afinal, já nos meus anos tínhamos tentado mas choveu e por isso tínhamos adiado...

quinta-feira, julho 06, 2006

Lilypie 2nd Birthday Ticker

Outra vez os sacanas dos franceses...
Dahhhh!!!!

segunda-feira, julho 03, 2006

Tia Isabel

Os meus sobrinhos e sobrinhas...

É engraçado, ou nem tanto assim, mas nos dias de hoje, em que todos nós temos apenas um irmão ou irmã, quando muito dois irmãs ou irmãs no máximo, nos sentimos no direito de considerar os filhos dos nossos amigos mais chegados, nossos sobrinhos ou sobrinhas...
Para agora sobrinhos de sangue não tenho nenhuns... O mais aproximado que tenho é a minha priminha Beatriz que para meu orgulho é também minha afilhada! A minha afilhada... sempre tive o desejo de ser madrinha de alguém e quando a minha prima me disse que queria que fosse eu a madrinha... fartei-me de chorar... de alegria... certo que estava grávida, o que ajudou e muito à festa...tenho pena que ela viva tão longe mas falo imenso com a minha prima para tentar acompanhá-la ao máximo. Foi muito giro porque estivemos as duas grávidas com diferença de um mês... a Beatriz acabou por nascer dois meses antes mas correu tudo pelo melhor... durante aqueles 6 meses de gravidezes partilhadas falávamos todos os dias, partilhávamos experiências, expectativas, etc... chegámos a ter os mesmos sonhos... certo dia, naquele limiar dos 5 meses em que andamos doidinhas para começar a gastar dinheiro em roupinha mas ainda não sabemos o sexo, sonhamos as duas que os nossos filhos (nessa altura, achava mesmo que ia ter uma menina...lol... e ela achava mesmo que ia ter um rapaz...) já tinham nascido e como ainda não tínhamos comprado nada, tinhamos que os vestir com as roupas dos nossos bonecos carecas, que ambas tivemos em meninas... acordei tão angustiada que quase que me precipitava para o shopping às nove da manhã para comprar um enxoval inteiro em branco... depois controlei-me... o que nos rimos as duas...
Bem, voltando ao assunto dos sobrinhos... mesmo tomando emprestados os filhos das minhas amigas ainda não tenho muitos sobrinhos e sobrinhas... o primeiro foi o D., que apareceu de surpresa mas soube tão bem...
A segunda foi a J.... tão pequenina, tão querida... com uns caracós tão queriduchos que só dá vontade de mexer, mexer e mexer... de dar abraços e beijinhos, se bem que agora ela já não ache tanta piada pois está a ficar uma mulher grande... são três anos, caramba... não dá para essas lamechices...
E agora.... Tchan, tchan, tchan....
Senhoras e senhores, meninos e meninas...
Não é que vou ter mais dois sobrinhos?
O T., lá para Outubro, vem aí... o segundo , a peça que faltava ao casalinho... é tão giro, a minha amiga A. é a grávida mais feliz que conheci até hoje, como em tudo na vida mas agora talvez mais ainda, retira desta experiência os aspectos positivos, só vê alegrias e bons momentos e contagia-me... acreditem... até já me deu vontade de engravidar de novo, ( não se preocupem, foi só uma pequena vontade e passou logo). A felicidade que ela irradia põe-me bem disposta e faz-me sentir muito contente por, desta vez, poder partilhar este momento tão especial para ela de forma mais próxima, mais interventiva... não quero perder pitada... estou super, hiper, mega entusiasmada...
Outro sobrinho rapaz, para poder jogar futebol e essas coisas masculinas com o Joãozinho....
E ainda....
A minha mana M. vai ser mamã...O Pai Natal, este ano,vai colocar no nosso sapatinho um bebé... uma coisinha pequenina, com aquele cheirinho tão bom, tão próprio....um bebé que vai crescer connosco, com o Joãozinho, que será o mais aproximado de um/a primo/a que ele terá nos próximos tempos, a não ser que o meu irmão nos surpreenda grandemente... um novo ser que fará parte da nossa família de coração.
Quando soube que ia ser tia, chorei de alegria... não fiquei mais contente com a notícia do que quando vi que o meu teste de gravidez era positivo... aliás, soube que ia ter um sobrinho/a quando recebi um saquinho com um teste de gravidez positivo, lá dentro... que alegria tão grande senti, como o meu coração ficou leve...
E agora, o tempo tem voado, semana após semana sinto que a data cada vez está mais próxima e que, este ano, o Natal vai ser ainda mais alegre, o meu coração vai andar, ainda mais cheio de alegria e emoção, os cheiros serão mais intensos e reconfortantes, pois vai chegar o meu sobrinho ou sobrinha, não importa de que marca...
...um segundo filho que vou amar como se fosse meu... Parabéns papás....