Lilypie Second Birthday tickers

Lilypie Second Birthday tickers

quinta-feira, abril 27, 2006

Gosto desta cor, no fim-de-semana vou pôr assim...

segunda-feira, abril 24, 2006

génio musical


O meu querido marido está sempre a dizer que nunca viu ninguém como eu, que não pode ouvir uma musiquinha, um batuque e logo começa a abanar-se, a bater com o pé, com a mão ou só mesmo a mexer a cabeça ou tudo ao mesmo tempo... Confesso-me culpada...
É superior às minhas forças... Um bom ritmo quando entra em mim parece que obriga o meu corpo a marcá-lo, a senti-lo... fico doente, se não o posso fazer... gosto muito de ouvir música, de cantar...
Enquanto estava grávida fartei-me de ler que os bebés, ainda na barriga da mãe já conseguem ouvir e por isso cantava imenso para o João... Curtíamos imenso nas nossas viagens casa-trabalho e trabalho-casa , às vezes punha o rádio altíssimo e cantava com toda a força dos meus pulmões, eram momentos nossos, de boa disposiçaõ e divertimento... algumas fífias, é certo mas o mais importante era o momento de curtição total que partilhávamos... outras vezes cantava-lhe uma canção de embalar que conheço desde que me conheço e que nos deixava calminhos, tão calminhos....

“Dorme, dorme meu menino
Que a mamã logo vem
Foi lavar os teu paninhos
Ao riinho de Belém”

Na primeira noite que passei com o João ele começou a choramingar no seu berço, veio a enfermeira e colocou-o ao meu lado, na minha cama... pela primeira vez, ao vivo e a cores, cantei para ele esta música... foi uma coisa só nossa, a confirmação da nossa intimidade construida ao longo da gravidez... gostei tanto, soube-me tão bem...
Ao longo deste seu primeiro ano tenho noção que consegui passar-lhe o gosto pela música... no dia em que foi operado, nunca me hei-de esquecer, que só se acalmava quando lhe cantava, talvez se sentisse seguro assim, no meio daquela confusão que decerto não conseguia compreender... muitas vezes só adormece com canções que eu e o pai lhe cantamos, às vezes até à exaustão, já me aconteceu adormecer eu, e continuar a cantar, pelo menos a tentar...
Hoje em dia, já mais crescido vibra com as músicas da televisão, da rádio, dos brinquedos... dança sempre muito animado e às vezes até marca o ritmo com o pé...
acho mesmo que tem uma veia musical, talvez herdada do tio, pois vê música em todo o lado... e quando digo em todo o lado não estou a exagerar...
Ontem, estava eu na cozinha a fazer não me lembro o quê, e ele comigo, a mexericar em tudo o que conseguia... de repente achei-o muito caladinho...
quando olho para ele... estava a dançar, a bater com o pé, ao som de, nem mais nem menos do que : a MÁQUINA DE LAVAR ROUPA....
digam lá que não tenho em casa um génio da música.....

quinta-feira, abril 13, 2006

Esta semana, tem sido um bocadinho para o má...
Voltei ao meu horário completo.... uma hora mais à tarde... parece que o tempo não passa...
domingo para segunda, segunda para terça e terça para quarta sem dormir por causa do Joãozinho... que anda muito rabujentito desde terça, até fez febre e tudo... já está melhor...
E ainda por cima, hoje de tarde parece que ninguém trabalha, excepto nós aqui na fábrica... mas que grande injustiça, com um sol tão lindo lá fora... e ainda têm a lata de dizer que amanhã já vai chover....
Caramba... está decidido...VOU GANHAR NO EUROMILHÕES ESTA SEMANA E NUNCA MAIS TRABALHO NA VIDA....

sexta-feira, abril 07, 2006

8 de abril de 2006





Pensei muito no que havia de escrever para assinalar este teu primeiro ano de vida... Escrevi, apaguei, corrigi... enfim, tinha de ser perfeito, tal como tu.... tinha de transmitir toda a alegria e orgulho que trouxeste à minha vida... não sou capaz....
Há já alguns anos, disseram-me uma frase que nunca me esqueci: “Quando sentires que não és nada no Mundo, pensa que és o Mundo de alguém...” Obrigada por cada vez que olhas para mim me fazeres sentir tão importante, tão especial...

Obrigada por me me teres escolhido para tua mãe. Por olhares para mim com esses olhos transparentes cheios de amor e inocência, por confiares tanto nas minhas mãos, nos meus braços, no meu colo... por te rires das minhas gracinhas palermas, por agarrares os meus dedos com as tuas pequeninas mãos com tanta força e determinação, por fazeres aquela festa quando chego depois de mais um dia de trabalho, por me dares tantos beijinhos lambidos e te rires a seguir da minha festa, por brincares com o meu cabelo como se fosse um brinquedo novo em cada dia, por me pedires colinho e me fazeres sentir o teu porto seguro...
Amo-te muito....
Parabéns...

quinta-feira, abril 06, 2006

Se fosse assim até o meu marido começava a gostar mais de médicos....

-Bom dia!
-Bom dia!
-Então o que é a traz por cá?
-Bem... Ando muito em baixo... Muito cansada, há já mais de um ano que não tenho uma noite descansada... na melhor das hipóteses durmo duas horas seguidas e pronto... Sabe... Tenho um bebé que vai fazer um ano no Sábado e nunca me deu boas noites... Acordava de hora em hora, às vezes até menos... Agora já está melhor mas mesmo assim choraminga durante a noite e eu acordo logo... Quando não choraminga, acordo na mesma para ver porque raio não choramingou .... Vejo se está a respirar e deito-me outra vez...a tentar dormir rápido antes que acorde outra vez... O trabalho também não anda grande coisa... desde que fui mãe, sinto-me um pouco desmotivada, sinto que estou a perder tempo.. não sei explicar... também não me imagino em casa sem fazer nada... não sei...
Ando sempre com dores de cabeça, cansada, com sono, às vezes com vontade de chorar nem sei bem porquê.... enfim, Sra. Dra.... não sei o que se passa comigo....
-Ora bem... acho que estou a estou a ver a solução para o seu caso... Foi um ano com muitas mudanças antecedido de 9 meses de gravidez que também não foram pêra doce, de certeza... Vou passar-lhe um P1 e vai de férias, durante 15 dias com tudo pago para um destino paradisíaco... vai ver que se vai sentir melhor... o efeito não é imediato mas vai ver que lá para o terceiro, quarto dia já se vai sentir melhor... Se quando regressar ainda persistirem os problemas venha cá de novo para prolongarmos o tratamento...
-Obrigada, espero que dê mesmo resultado....
-Vai ver que sim... As melhoras....


Se fosse assim....
Lilypie 1st Birthday Ticker

terça-feira, abril 04, 2006

“Devia ter amado mais,
Ter chorado mais
Ter visto o sol nascer...
Devia ter arriscado mais
Até errado mais
Ter feito o que queria fazer.

Queria ter aceite as pessoas
Tal como elas são.
Cada um sabe a alegria
E a dor que traz no coração.

Queria ter complicado menos
Trabalhado menos
Ter visto o pôr-do-sol
Devia-me ter importado menos
Com problemas pequenos
Ter morrido de amor

Devia ter aceite a vida
Tal como ela é.
A cada um cabe a alegria
E a tristeza que vier.

O acaso vai-me proteger
Enquanto eu andar distraido...”

Tim - Xutos


Need I say more?
Lilypie 1st Birthday Ticker